Delfim: Brasil pode ter 10 mi de desempregados em março

.
images_cms-image-000477608O ex-ministro Antonio Delfim Neto alerta que o Brasil corre o risco de atingir 10 milhões de desempregados em março deste ano: ‘Não dá para esperar mais! É fundamental que o Executivo e o Legislativo incorporem o senso de urgência e trabalhem para restabelecer a “confiança” entre eles e recuperar o respeito da sociedade brasileira, sem o qual não haverá crescimento e, com ele, a queda do desemprego’.

Ele ressalta que estamos hoje que o mundo e o Brasil perderam tração, mas diz que é evidente que o efeito externo sobre o qual não temos controle é muito menor do que o efeito interno. “Os últimos resultados da Pnad, divulgados no dia 15 pelo IBGE, são alarmantes. A taxa de desemprego atingiu 8,9% no terceiro trimestre de 2015 (um aumento de 30% sobre o seu homólogo de 6,9% no triênio 2012-14), em resposta a uma queda do PIB de 4,5% no mesmo período. Talvez tenha atingido 9,5% no 4º trimestre e será (pelo efeito estacional) ainda maior no 1º trimestre de 2016”.

Delfim propõe que como saída autorizar a plena validade do entendimento direto entre comitês de fábrica e empresários sob a vigilância dos sindicatos. ‘É que trabalhadores e empresários, sentados numa mesa com as informações relevantes e transparentes, possam discutir – caso a caso, livre e concretamente – qual a melhor forma de obter uma distribuição mais “justa” dos ganhos e dos inconvenientes da flutuação da conjuntura, respeitando a segurança, a estabilidade e os direitos constitucionais de ambas as partes’ (leia mais).

 

Fonte: Brasil 247

Deixe um comentário