Delcídio deve apontar armadilha em discurso

.
images_cms-image-000482705O senador Delcídio Amaral (PT-MS), que deixou a prisão na última semana, deverá discursar no Senado nesta terça-feira (23), quando se dirá “inocente” e que foi “vítima de uma armadilha”; durante este fim de semana, ele está elaborando seu discurso. “Preciso de paz para elaborar meu discurso”, teria dito o senador a aliados após reconquistar a liberdade; segundo amigos, Delcídio disse que pretende “escrever sua história sem revanchismo”, em uma espécie de livro ou diário

Durante este fim de semana, ele está elaborando seu discurso. “Preciso de paz para elaborar meu discurso”, teria dito o senador a amigos que o procuraram após ele deixar o batalhão de trânsito da PM do Distrito Federal, na noite desta sexta-feira (19), após 87 dias preso sob acusação de obstruir a Operação Lava Jato.

“Tudo o que eu mais quero é estar com minha família”, disse o senador, que passou seu aniversário, o da mulher e o de duas filhas na prisão.

Apesar de ter avisado a parlamentares que pretende retomar na semana que vem suas atividades legislativas, inclusive no comando da CAE Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, Delcídio deve sofrer pressão do PT para deixar o posto.

Seus colegas de partido acreditam que ele não tem mais “autoridade política” para conduzir o colegiado e que pode voltar ao trabalho, mas não em postos-chave para o PT.

Segundo amigos, Delcídio disse que pretende “escrever sua história sem revanchismo”, em uma espécie de livro ou diário.

 

Fonte: Brasil 247

Deixe um comentário