Delator diz que conseguiu reforço de caixa de U$$ 300 mil para a campanha de Dilma

barusco-na-CPIO ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco afirmou à CPI da Petrobras que recebeu um pedido de reforço financeiro à campanha presidencial de 2010 de Dilma Rousseff do tesoureiro do PT João Vaccari Neto e que, após o pedido, conseguiu um repasse de U$$ 300 mil ao partido. Estes recursos, no entanto, teriam sido repassados por meio da offshore SBM.

Deixe um comentário