Datafolha: rejeição ao governo Dilma rivaliza com Collor às vésperas do impeachment

.
Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira, 18, mostra que a taxa de reprovação do governo Dilma só perde para a do ex-presidente Fernando Collor de Mello em setembro de 1992, às vésperas do impeachment. De acordo com o levantamento, 62% dos brasileiros consideram o governo da presidente Dilma Rousseff “ruim ou péssimo”. A rejeição à presidente subiu 18 pontos desde o último levantamento, divulgado em fevereiro.

Na véspera do impeachment, o ex-presidente Collor era reprovado por 68% da população.

Leia também: ‘A maior ameaça ao PT não foi às ruas em 15 de março’

Segundo o Datafolha, apenas 13% classificam o governo Dilma como ótimo ou bom, uma queda de dez pontos percentuais em relação à pesquisa de fevereiro.

O levantamento mostra que a popularidade de Dilma caiu em todos os segmentos sociais e em todas as regiões do país. As taxas de rejeição mais altas foram registradas nas regiões Centro-Oeste (75%) e Sudeste (66%), nas cidades com mais de 200 mil habitantes (66%), entre eleitores com escolaridade média (66%) e no grupo dos que têm renda mensal familiar de dois a cinco salários mínimos (66%). As maiores taxas de aprovação do governo foram registradas na região Norte (21%) e Nordeste (16%).

Datafolha entrevistou 2.842 eleitores logo após as manifestações de 15 de março. O levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais.

graficodilma

Deixe um comentário