Datafolha: Dilma seria a mais favorecida pelo fim do voto obrigatório

Por Rodolfo Torres – congressoemfoco.com.br

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (29) revela que a pré-candidato do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, seria a mais beneficiada caso o voto deixasse de ser obrigatório no país.

De acordo com o levantamento, realizado entre os dias 20 e 21 de maio, 64% dos eleitores da petista compareceriam às urnas, mesmo sem qualquer caráter impositivo da legislação. Por sua vez, 53% dos eleitores do pré-candidato do PSDB ao Planalto, José Serra, iriam às urnas nessas condições. 

A pesquisa também revela que os petistas são os que mais apoiam a obrigatoriedade de votar: 55%, contra 48% entre os tucanos.

O voto obrigatório divide o eleitorado brasileiro. Enquanto 48% dos entrevistados são favoráveis, outros 48% são contrários.

O estudo ainda aponta que 55% dos brasileiros que vivem em capitais ou regiões metropolitanas são a favor do voto facultativo. Por outro lado, 44% dos que vivem no interior são contra.

Deixe um comentário