Cristovam Buarque diz que Brasil é ‘fábrica de corrupção’ e critica cultura da malandragem

O senador afirmou que o Brasil não se acostumou ao rigor, ao que se chama de tolerância zero com a corrupção. Lembrou que a própria cultura do país valoriza a “tendência a fabricar corrupção”. ” Nos orgulhamos do jeitinho, que em geral é uma pequena malandragem, que de certa maneira fogem às regras estabelecidas” – disse Cristovam.

Deixe um comentário