Mundo  

Cristina Kirchner culpa Brasil pela queda do PIB argentino

.
timthA presidente argentina, Cristina Kirchner, culpou o baixo crescimento econômico do Brasil como uma das razões pela qual a Argentina teve dois trimestres seguidos de recuo econômico. “O Brasil tem crescimento previsto de 1,3% em 2014 e é o nosso principal sócio comercial”, afirmou a presidente em alusão à previsão do PIB brasileiro feita pelo FMI.

Cristina também citou o desempenho ruim da indústria automotiva brasileira, fato que teve efeitos negativos nas exportações argentinas de autopeças. A presidente argentina ressaltou que estava apenas respondendo às afirmações dos críticos, que dizem que o impasse na dívida e o calote técnico vão ter efeitos na economia do país.

A presidente lembrou que Barack Obama teria o poder de interceder pela Argentina, pois o presidente americano tem a prerrogativa de intervir em decisões de juízes americanos. O juiz americano Thomas Griesa, de Nova York, impediu os pagamentos argentinos a partes dos credores, o que obriga a Argentina fechar acordo com todos que têm títulos de sua dívida.

Nesta sexta-feira, 8, o juiz Griesa realizará uma audiência em Nova York para tratar das “recentes declarações” do governo argentino. Este, por sua vez, comunicou que entrou com uma ação na Corte Internacional de Justiça, em Haia, contra os EUA.

Sandra Negro, professora de Direito Internacional da Universidade de Bueno Aires, explica que o ato é uma instância preliminar. O governo americano não aceita a jurisdição da corte internacional, que não dispõe de meio coercitivos para aplicar suas decisões.

 

Deixe um comentário