CPI da Petrobras convoca presidente do Instituto Lula

.
timthumA CPI da Petrobras aprovou nesta quinta-feira, 11, a convocação do presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, apontado como “faz-tudo” do ex-presidente, e a quebra dos sigilo fiscal, bancário e telefônico do ex-ministro José Dirceu e de sua empresa JD Assessoria e Consultoria entre os anos de 2005 e 2015.

A CPI aprovou ainda a convocação do petista José de Fillipi Júnior, ex-tesoureiro da campanha de Dilma Rousseff em 2010. O lobista Milton Pascowitch foi outro convocado pela comissão, que também deu sinal verde a acareações entre os principais personagens da Operação Lava Jato que envolvem o PT. Já os investigados que comprometem o PMDB foram poupados.

Paulo Okamotto foi apontado por Marcos Valério, considerado o operador do mensalão, como “faz-tudo” do ex-presidente Lula. Okamotto e Lula são amigos desde a década de 1980.

As novas ações da CPI surgem após a notícia de que a empreiteira Camargo Corrêa, um dos alvos da Operação Lava Jato, repassou R$ 4,53 milhões a empresas de Lula, incluindo R$ 3 milhões ao Instituto Lula.

Deixe um comentário