Copom reduz juros para 7% ao ano

.
O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central cortou 0,5 ponto percentual da taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic, que chegou a 7% ao ano.

Trata-se da décima redução consecutiva. A decisão já era esperada por analistas do mercado financeiro. O Banco Central informou que o processo de queda pode continuar, embora em um ritmo menor.

Em nota, o Banco Central ressaltou que, “para a próxima reunião, caso o cenário básico evolua conforme esperado, e em razão do estágio do ciclo de flexibilização, o Comitê vê, neste momento, como adequada uma nova redução moderada na magnitude de flexibilização monetária. Essa visão para a próxima reunião é mais suscetível a mudanças na evolução do cenário e seus riscos que nas reuniões anteriores. Para frente, o Comitê entende que o atual estágio do ciclo recomenda cautela na condução da política monetária”.

A notícia da redução da Selic foi comemorada pelo presidente Michel Temer, que relacionou o corte ao trabalho do seu governo, indicando que o país “está voltando aos trilhos”.

“Nós temos essa boa notícia, fruto precisamente daquilo que o governo está fazendo ao longo do tempo e que é em benefício de você, consumidor, você que vive do trabalho, do cotidiano, do dia a dia. Não posso deixar de comemorar com você essa decisão do Banco Central, reveladora de que o Brasil está voltando aos trilhos”, disse o presidente em um vídeo divulgado nas redes sociais.

Com a redução anunciada nesta quarta, a Selic atinge o menor nível desde o início da série histórica do Banco Central, em 1986.

Deixe um comentário