Lei Pelé é aprovada no Senado, sem considerar pontos polêmicos

Para garantir a aprovação, o relator, senador Álvaro Dias (PSDB-PR), retirou o ponto considerado mais polêmico: o que permitia que ex-atletas que tenham exercido a profissão durante, no mínimo, três anos consecutivos ou cinco alternados se tornassem monitores na respectiva modalidade desportiva.

Deixe um comentário