Com Serra em queda, tucanos assediam Aécio

A coordenação da campanha tucana reuniu-se em São Paulo acossada pela última pesquisa Datafolha. O presidente do PSDB, Sérgio Guerra, admitiu uma eleição “duríssima”. O presidente de honra do DEM, Jorge Bornhausen, foi adiante: previu uma “luta renhida” e “sangrenta”. Por isso, recrudesce a pressão para Aécio Neves aceitar ser vice de Serra.

Deixe um comentário