CNI/Ibope aponta queda na aprovação do governo Dilma

Por Mario Coelho – congressoemfoco.com.br

A avaliação do governo e da maneira de governar da presidenta Dilma Rousseff caíram, aponta pesquisa do Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgada nesta quarta-feira (19). A proporção que considera a administração ótima ou boa ficou em 55%, oito pontos percentuais a menos do que o último levantamento, feito em março.

De acordo com a pesquisa, o percentual que considera o governo ruim ou péssimo aumentou. Passou de 7% para 13%, o maior índice levantado pelo Ibope desde o início do governo Dilma. A presidenta tem pior avaliação entre as pessoas com renda mais elevada e que moram no sudeste. Em compensação, a avaliação continua forte no nordeste: 66% de ótimo ou bom.

O levantamento do Ibope também revela queda na expectativa quanto ao resto do governo Dilma. Para 55% dos entrevistados ele será ótimo ou bom. Em março, o índice era de 63%. Já o percentual dos que acreditam que será ruim ou péssimo cresceu. Passou dos 8% registrados na última pesquisa para 14%.

Outro índice que apresentou queda, de acordo com a pesquisa, foi da confiança em Dilma. Antes em 75%, agora bateu em 67%. Três áreas do governo são aprovadas por mais da metade da população: combate à fome e à pobreza meio ambiente e combate ao desemprego. No entanto, outras seis áreas são reprovadas pela maioria: segurança pública, saúde, impostos, combate à inflação, taxa de juros e educação.

O levantamento das informações é realizado trimestralmente pelo IBOPE Inteligência. A amostra, de abrangência nacional, é composta por 2.002 eleitores, de 16 anos ou mais, distribuída em 141 municípios.

Veja a íntegra da pesquisa

Deixe um comentário