Mundo  

Cientistas explicam ‘visões antes da morte’

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Os relatos de pessoas que tiveram visões quando estavam à beira da morte podem ser associados aos altos níveis de dióxido de carbono no sangue. É o que afirmaram cientistas da Universidade de Maribor, na Eslovênia. Eles quiseram entender o porquê da frequência de tais fenômenos em casos de ressuscitamento.

A pesquisa tem base em informações coletadas durante paradas cardíacas de 52 pacientes. Em 11 casos que houve alta concentração de CO2 — mais do que os demais—, os pacientes relataram a ocorrência de visões. Com isso, os pesquisadores concluíram que as mesmas estão associadas à concentração do composto químico no sangue em decorrência da suspensão da respiração.

Não foi encontrado qualquer padrão relacionado a sexo, religião, nível de educação, drogas ou medo de morrer. O grupo de pacientes estudados também não apresentou anoxia (morte de células do cérebro pela falta de oxigenação), que geralmente explica tais fenômenos. Os cientistas, porém, não explicaram se os altos níveis de CO2 se devem à parada cardíaca ou se já eram registrados antes.

Estima-se que entre 10% e 25% dos pacientes que sofrem parada cardíaca tenham visões, como as de “uma luz no fim do túnel”, relatada várias vezes. “Esta é potencialmente outra peça do quebra-cabeças. Precisamos de mais pesquisas”, afirmou a coordenadora do estudo, Zalika Klemenc-Ketis.

Deixe um comentário