Saúde  

Cientistas bloqueiam transmissão da dengue

Doença mata mais de 12 mil pessoas e afeta mais de 50 milhões por ano em todo o mundo.
 
Cientistas australianos anunciaram aquele que pode ser um dos maiores avanços até agora na luta contra a dengue. Foi descoberto que uma bactéria denominada Wolbachia, que ataca apenas insetos, é capaz de bloquear a capacidade dos mosquitos Aedes Aegypti de transmitir o vírus da doença.

A pesquisa foi publicada na revista científica Nature. Após testes em laboratórios, os cientistas soltaram 300 mil mosquitos Aedes Aegypti adultos infectados com a bactéria Wolbachia em duas áreas relativamente remotas da Austrália ao longo de um período de aproximadamente dez semanas. Quase todos os mosquitos selvagens da mesma espécie que foram submetidos a testes foram infectados e, assim, impedidos de transmitir a dengue.

Método barato e eficiente
Trata-se de uma maneira eficiente e barata de impedir a transmissão do vírus da dengue, doença que mata mais de 12 mil pessoas e afeta mais de 50 milhões por ano em todo o mundo.

“Este é o primeiro caso em que populações de insetos selvagens foram transformadas para reduzir sua habilidade de agir como vetores de doenças humanas”, dizem os cientistas.

 Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Deixe um comentário