Brasil  

Cerveró diz ter feito saque por dificuldade financeira

.

REUTERS/Daniel Derevecki: Ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró chega à PF em Curitiba. 14/1/2015 REUTERS/Daniel Derevecki.
Em depoimento à Polícia Federal, em Curitiba, onde está preso, ex-diretor da área Internacional da Petrobras nega ilegalidade no resgate de R$ 463 mil; segundo seu advogado, Beno Brandão, ele passava por “dificuldades financeiras”; “Ele era um diretor da Petrobras, que ganhava mais de R$ 100 mil por mês. Desde março, deixou de receber isso”, argumentou; segundo ele, Cerveró esclareceu à PF, durante três horas, as movimentações financeiras que fez nos últimos meses e que motivaram sua prisão preventiva; além disso, “negou veementemente”, segundo o defensor, ter recebido propina de R$ 53 milhões em um contrato com a Samsung, quando estava na Petrobras

O ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró afirmou, em depoimento à Polícia Federal nesta quinta-feira 15, ter feito o saque de R$ 463 mil por “dificuldades financeiras”, segundo seu advogado, Beno Brandão. Cerveró foi preso pela PF na madrugada de ontem, no aeroporto internacional do Rio de Janeiro, quando vinha de Londres para prestar depoimento à polícia.

Deixe um comentário