Brasil  

Centrais sindicais de SP pagaram por participação em mobilização

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Para aumentar o público do ato desta quinta-feira, 11, centrais sindicais usaram um artifício recorrente em campanhas eleitorais: pagaram pessoas para usar camisas com as causas, carregar bandeiras e balões. Os sindicatos negam, mas o jornal O Globo entrevistou vários jovens que aceitaram o pagamento para participar das manifestações nesta quinta-feira. Mesmo com a manobra, o volume da mobilização não foi o esperado pelas centrais e decepcionou.

Leia também: Governo não condena, mas coíbe atos em estradas
Leia também: Quinta é marcada por protestos em todo o país

Entrevistado pelo jornal, Vitor Hugo Correia, de 17  anos, disse ter recebido R$ 50, enquanto Viviane Araújo, de 18, teria recebido R$ 30. Os jovens e seus amigos, do bairro de Artur Alvim, da periferia de São Paulo, disseram ter sido contratados por um sindicato filiado à Força Sindical.

O pagamento foi feito após o ato e gerou filas nas ruas ao lado do Museu de Arte de São Paulo, segundo a reportagem. O estudante secundarista Alex da Silva, de 20 anos, e seu amigo Jorge Robério Pereira, de 15 anos, também confirmaram o pagamento. Eles teriam recebido R$ 50, além do pagamento pelo transporte e alimentação, da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB).

 

Deixe um comentário