Casa Civil cria comissão de sindicância para investigar denúncias publicadas na mídia

Ivan Richard
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O ministro interino da Casa Civil, Carlos Eduardo Esteves Lima, assinou hoje (17), em seu primeiro dia no cargo, portaria que cria uma comissão de sindicância para investigar as denúncias publicadas pela revista Veja e pelo jornal Folha de S.Paulo. A comissão terá 30 dias para concluir os trabalhos.

A comissão vai “apurar os fatos relacionados a servidores públicos desta Casa Civil narrados na matéria de capa da edição nº 2182 da revista Veja, e na edição nº 29.751 do jornal Folha de S.Paulo”, diz a nota.

No último final de semana, a revista Veja denunciou o filho da ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra, Israel Guerra, por usar a influência da mãe para cobrar propina em negociações entre empresas privadas e o governo. Ontem (16), o jornal Folha de S. Paulo publicou nova denúncias contra Israel Guerra.

De acordo com o jornal, o filho da ex-ministra teria intermediado uma tentativa de negócio da empresa EDRB, de Campinas (SP), e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), cobrando uma “taxa de êxito” caso o negócio se concretizasse.

Edição: Rivadavia Severo

Deixe um comentário