Câmara pode votar reajuste dos aposentados nessa semana

Iolando Lourenço
Repórter da Agência Brasil

 Brasília – O reajuste dos aposentados que recebem mais de um salário mínimo poderá ser votado amanhã (13) pela Câmara dos Deputados. A expectativa é do líder do governo na Casa, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), o relator da Medida Provisória (MP) 475, que reajustou o benefício em 6,14 %. De acordo com Vaccarezza, o limite do governo para o reajuste das aposentadorias é de 7%.

O líder disse ainda que apresentará amanhã ao plenário da Câmara o parecer à MP para que ela possa ser votada. “O governo já deu o máximo [de reajuste] que poderia dar”. Vaccarezza afirmou que amanhã voltará a conversar com os partidos da base aliada na busca de um acordo para um reajuste em torno de 7 %.

De acordo com o líder, mesmo que não haja consenso dos aliados em torno do reajuste de 7 % a medida provisória será levada à votação. “O deputado que insistir em um índice maior, estará fazendo demagogia”. Segundo ele, o governo não tem dinheiro para bancar um reajuste maior do que os 7 %, embora deputados aliados e líderes do Senado estejam propondo elevar o reajuste dos aposentados para 7,7 %. É uma questão de responsabilidade”.

Em relação ao discurso no sábado do ex-governador José Serra, pré-candidato da oposição à Presidência da República, Vaccarezza classificou como “desonestidade política” a declaração de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estaria dividindo o Brasil. “No governo Lula, o Brasil se unificou no âmbito interno e externo”, afirmou.

Deixe um comentário