Brasil perde 39% da água que trata, diz estudo

.
timtUm levantamento feito pelo IBNET (International Benchmarking Network for Water and Sanitation Utilities) revelou que o Brasil perde 39% de sua água tratada. O país ocupa a 20ª posição em um ranking com 43 países. Os dados são de 2011.

O Brasil fica atrás de países como Vietnã (que perde 31%), México (24%), Rússia (23%) e China (22%). O primeiro lugar do ranking é ocupado por Fiji, que desperdiça 83% de sua água tratada. Já os países com menor índice de perda de água são os EUA (13%) e a Austrália (7%).

Um dado mais recente do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), ligado ao Ministério das Cidades, mostra que em 2013 o Brasil perdeu 37% de sua água tratada, o que representa 5,8 trilhões de litros de água — volume suficiente para abastecer a cidade de São Paulo para consumo humano por 7,5 anos.

Entre os motivos da perda de água tratada estão vazamentos em adutoras, redes, ramais, conexões, reservatórios e outras unidades operacionais do sistema, além de ligações clandestinas.

Deixe um comentário