Brasil  

Brasil é quarto país com maior quantia em paraísos fiscais

O Brasil é o quarto país com maior número de clientes com contas em paraísos fiscais. A informação é do relatório da Taz Justice Network. De acordo com o documento, os brasileiros teriam depositado cerca de US$ 520 bilhões nessas contas no período de 1970 até 2010. A quantia equivale a pouco mais de um quinto do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil.

Leia também: ‘Super ricos’ têm até US$ 32 trilhões em paraísos fiscais

Segundo o documento, o dinheiro depositado nas contas que têm razoável sigilo e não requerem pagamento de impostos é maior do que a dívida externa brasileira acumulada no mesmo período, que foi de US$ 324,5 bilhões.

A Tax Justice Network é uma organização independente que surgiu em 2003 no Parlamento britânico. O responsável pelo relatório foi o economista James Henry. Para obter o resultado, Henry cruzou dados do Banco de Compensações Internacionais, do FMI, do Banco Mundial e de governos. Nas três primeiras colocações do ranking elaborado pela instituição estão: China (US$ 1,2 trilhão), Rússia (US$ 779 bilhões) e Coreia do Sul (US$ 779 bilhões).

Entre os vinte primeiros do ranking aparecem também México, Argentina e Venezuela. No total, cerca de US$ 21 trilhões estão depositados nessas contas. “A maior parte da renda de investimento perdida pelos países foi recebida por elites privadas de nações em desenvolvimento, que tinham contas em bancos no exterior, mas nunca declaravam em seus países a renda recebida”, afirma Henry no relatório.

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Deixe um comentário