Brasil  

Barusco detona PT: US$ 200 milhões em propinas

.

: .
Em depoimento feito em acordo de delação premiada, ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco faz pesada acusação contra o PT; ele afirmou que, entre 2003 e 2013, o partido teria recebido entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões em propinas sobre 90 contratos da Petrobras; tesoureiro do partido, João Vaccari Neto, teria recebido US$ 4,5 milhões num dos encontros; esquema com 11 operadores teria funcionado até fevereiro do ano passado

O ex-gerente da área de Serviços da Petrobras Pedro Barusco afirmou em depoimento prestado em acordo de delação premiada que o PT deve ter recebido entre US$ 150 e US$ 200 milhões em propina. Segundo ele, o tesoureiro do partido, João Vaccari Neto, teria ficado com US$ 4,5 milhões “a título de propina do estaleiro Kepell Fels”.

Deixe um comentário