Após ter sua prisão decretada, Arruda deixa o governo e se entrega na Superitendência da Polícia Federal

O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, se apresentou na Superintendência da Polícia Federal nesta quinta-feira depois de ter sua prisão decretada pelo STJ, acusado de tentar subornar uma testemunha.

Deixe um comentário