Após denúncia de lobby, Erenice deixa Casa Civil

A ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, deixou o governo  após denúncias de práticas de lobby e suborno no Palácio do Planalto, supostamente feitas pelo filho dela, Israel Guerra. Erenice é ex-braço-direito da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff,.

Deixe um comentário