Após crítica sobre preparativos para a Copa, Ronaldo anuncia apoio a Aécio

.

Ex-jogador da seleção brasileira, Ronaldo – em entrevista ao jornal Valor Econômico publicada nesta segunda-feira (26) — declarou que apoiará o senador Aécio Neves (PSDB-MG) na eleição presidencial deste ano. Membro do comitê organizador local da Copa do Mundo, ele foi questionado em quem vai votar e elogiou o político mineiro. Disse que eles se conheceram há 15 anos e que votaria no tucano mesmo que o candidato defendesse outro partido.

“Sou amigo do Aécio. Ele foi o único cara que eu apoiei publicamente. Apoiei para governador de Minas e aí ele fez um excelente trabalho. Sempre tivemos uma forte amizade e agora vou apoiá-lo. É meu amigo, confio nele e acho que é uma ótima opção para mudar o país”, disse Ronaldo.

Na entrevista, Ronaldo afirmou ter ótima relação com a presidenta da República Dilma Rousseff (PT), pré-candidata à reeleição. No último sábado, no entanto, ela rebateu declarações dadas pelo ex-jogador sobre os preparativos para a Copa. Em entrevista anterior, concedida à agência Reuters, o ex-atacante disse que se sente envergonhado pelo modo como o Brasil se preparou para receber o torneio. Ele lamentou a forma como as coisas foram conduzidas. E criticou os atrasos e a burocracia.

Ao ser questionado pelo Valor sobre o ex-presidente Lula, que apoia Dilma Rousseff e participou diretamente da decisão sobre a construção do estádio do Corinthians (palco de abertura da Copa), o ex-atacante da seleção respondeu apenas que o petista não é candidato à eleição. Para Ronaldo, as críticas feitas pela Fifa ao Brasil por não ter cumprido prazos são justas, já que o país concordou com todas as exigências da entidade quando, em 2007, aceitou sediar a competição.

Fonte: Congresso em Foco

Deixe um comentário