Mundo  

Amorim reafirma disposição de diálogo para que Irã tenha programa nuclear pacífico

Stênio Ribeiro
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, reafirmou, em Madri, na Espanha, que o Brasil continua disposto a mediar o diálogo entre a Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea) e o Irã, de modo a garantir que o país tenha um programa nuclear pacífico.

A declaração foi feita durante a quarta reunião do Diálogo Político de Alto Nível Brasil-União Europeia, realizada na capital espanhola, da qual participaram também a alta representante para Política Exterior e de Segurança da UE, Catherine Ashton, e o ministro de Assuntos Exteriores e Cooperação da Espanha, Miguel Ángel Moratinos.

De acordo com a assessoria de Celso Amorim em Brasília, o chanceler brasileiro destacou a importância de o Brasil e a União Europeia trabalharem juntos em busca de uma solução negociada para resolver o polêmico programa atômico iraniano.

O ministro brasileiro acredita que existe espaço para uma solução negociada. Ele ressaltou a necessidade de a comunidade internacional ter “certeza de que esse programa nuclear não será utilizado para fins militares”. Mas enfatizou que “as negociações devem seguir sem dogmatismo”.

Amorim também ouviu da representante europeia que o Brasil tem papel chave a desempenhar na solução do contencioso nuclear do Irã, uma vez que os dois países mantêm boas relações diplomáticas.

Na reunião, também foi discutida a implementação do Plano de Ação de Parceria Estratégica Brasil-União Europeia, que prevê aumento da cooperação na luta contra a pobreza, mudança do clima, fortalecimento do sistema bilateral, direitos humanos, relações econômicas, assuntos consulares, educação e cultura.

A pauta do encontro incluiu temas como a retomada da Rodada Doha, a ajuda humanitária e reconstrução do Haiti, o processo de paz no Oriente Médio, a associação Mercosul-União Europeia, a realização da Cúpula América Latina e Caribe-União Europeia em Madri (dia 18 de maio), a realização do Fórum da Aliança de Civilizações (dias 28 e 29 de maio, no Rio de Janeiro) e os preparativos para a Cúpula do G20 (dias 26 e 27 de junho, em Toronto, no Canadá).

Deixe um comentário