Alencar desiste de ser candidato nas próximas eleições

Por Rodolfo Torres – congressoemfoco.com.br
 
“Subi a rampa junto com o Lula e vou descer com ele”, diz vice-presidente.

Cotado para concorrer ao Senado por Minas Gerais, ou até ao governo daquele estado, o vice-presidente da República, José Alencar, anunciou nesta sexta-feira (9) que não vai concorrer nas eleições de outubro.

“Não posso ser candidato hoje e não posso ficar segurando Minas Gerais, vejo que de certo modo eles ficam esperando minha decisão”, afirmou, segundo a Agência Brasil.
 
Lutando contra um câncer no abdome há 12 anos, ele argumentou que, apesar de se sentir curado, continua realizando tratamento para acabar com a doença: “Só iria aceitar uma candidatura se estivesse curado, me sinto curado, mas continuo fazendo quimioterapia e não sei se seria honesto eu colocar meu nome como candidato fazendo quimioterapia”.
 
A decisão foi tomada na noite de ontem quando Alencar se reuniu com o presidente Lula. “Ele achou que era absolutamente correta minha decisão, se não vou poder parar a quimioterapia, ia criar uma dúvida na cabeça das pessoas”, afirmou.

Alencar destacou que vai cumprir o mandato “até o último dia”, descendo a rampa do Palácio do Planalto com o presidente Lula após a sucessão governamental. “Subi a rampa junto com o Lula e vou descer com ele”, reforçou.

Com a decisão, Alencar assumirá provisoriamente a Presidência da República no próximo domingo (11), em virtude da viagem de Lula aos Estados Unidos. Caso fosse se candidatar a um cargo eletivo nas próximas eleições, Alencar não poderia assumir o governo e teria de deixar o país para continuar com possibilidades de se eleger.

Deixe um comentário