Afinal, quem tem medo de Joaquim Levy?

.

: .
Peça-chave no governo de Lula de 2003 a 2006, ex-secretário do Tesouro causa calafrios no PT; mundo externo escuta ecos de luta interna partidária contra indicação de Joaquim Levy, a quem petistas chamam de ‘mãos de tesoura’; mas se nome indicado para o Ministério da Fazenda foi fundamental no sucesso do primeiro governo Lula, fez uma gestão desenvolvimentista na Secretaria de Fazenda do Rio de Janeiro e administra com responsabilidade, na iniciativa privada, R$ 300 bilhões em fundos de 2 milhões de clientes, qual é o problema real com Levy?; investidores aplaudiram escolha, com Bolsa de Valores disparando, mas notícias de oposição ao nome dele já esfriam o entusiasmo inicial; será mesmo tão ruim assim ajustar as contas do governo, atacar a inflação e prestar muita atenção ao câmbio, como ele pretende fazer?; dá para ir contra o tripé econômico nessa altura dos acontecimentos?

Quem é, afinal, Joaquim Levy? E por que será que tantos, dentro e fora do PT, resistem à sua indicação para ministro da Fazenda?

Deixe um comentário