Aécio merece vencer as eleições, diz “Economist”

.
timthUma reportagem publicada na capa da revista britânica Economist nesta quinta-feira, 16, defende a campanha de Aécio Neves nas eleições presidenciais.

Citando a ascensão e o atual empate técnico dos candidatos nas últimas pesquisas, a revista diz que “Aécio tem se esforçado para convencer o eleitorado mais pobre de que suas reformas farão a diferença em suas vidas”.

A revista critica a má gestão econômica do governo Dilma, afirmando que, apesar das sólidas conquistas sociais, a presidente falhou em fazer o país crescer. “No pleito, o principal trunfo de Dilma é a gratidão popular pelo pleno emprego, salários mais altos e um governo movido a programas sociais. Conquistas tão legítimas quanto as falhas na economia e na política”. Para a revista, Dilma não fez qualquer esforço para resolver os verdadeiros problemas estruturais do Brasil: infraestrutura precária, altos custos, um sistema tributário punitivo, muita burocracia e um código trabalhista copiado de Mussolini. Ao invés disso, a presidente garantiu alianças oferecendo como moeda de troca incentivos fiscais e empréstimos subsidiados às custas dos inchados bancos estatais.

Outra crítica à gestão petista é a intervenção do governo na Petrobras, medida que deixou a estatal com sérios problemas financeiros. “Dilma comprometeu a Petrobras e a indústria de etanol, mantendo pressionado o preço da gasolina para mitigar o impacto inflacionário de sua política fiscal frouxa”, diz o texto, ressaltando ainda os escândalos de corrupção na maior empresa do Brasil.

Segundo a revista, “o gabinete da presidente (composto por 39 ministros) onera os cofres públicos abocanhando cerca de 36% do PIB em impostos, um custo muito maior que o de outros países em estágio similar de desenvolvimento”. “Logo, não espanta a incapacidade do governo em gerenciar as verbas para a saúde e o transporte”.

A reportagem finaliza afirmando que Aécio é o melhor candidato para mudar esse cenário político e econômico. “As políticas de Neves beneficiariam tanto os mais pobres como os mais ricos. O histórico de seu partido torna crível a sua reivindicação: durante o mandato de Fernando Henrique Cardoso na década de 1990, o PSDB venceu a inflação e lançou as bases para o progresso recente do Brasil. Durante seu governo em Minas Gerais, Aécio cortou a burocracia e desenvolveu a região”.

O texto também elogia a parceria do tucano com Armínio Fraga. “A parceria com Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central, promete colocar o país de volta na rota do crescimento econômico através de políticas macroeconômicas sólidas, redução do número de ministérios, simplificação do sistema fiscal e aumento do investimento privado em infraestrutura. O Brasil precisa voltar a crescer e Aécio Neves é a aposta mais assertiva para a entrega de bons resultados”.

 

 

Fontes: The Economist-Why Brazil needs change
                 
Opinião&Notícia-Aécio merece vencer as eleições, diz ‘Economist’

Deixe um comentário

Um comentário para “Aécio merece vencer as eleições, diz “Economist””

  1. ⇒ Fabio disse:

    Aécio, você é o cara!!! Se Deus quiser vai ganhar e vai melhorar esse país