Brasil  

A repetida mentira da imprensa no caso dos boxeadores cubanos

Por:  Castagna Maia – Advogado

A chamada grande imprensa deitou e rolou no caso dos “boxeadores cubanos”. O governo brasileiro foi acusado de extraditar à força os cubanos que aqui estavam na época do Pan. Não adiantou esclarecer que a OAB acompanhou o caso, que um Procurador da República acompanhou o caso.
Hoje mesmo Elio Gaspari, na Folha, retoma esse tema. E retoma pelo lado mentiroso, o de que teria havido “deportação forçada”, mesmo com o acompanhamento da OAB, mesmo com a presença de um Procurador da República. Esse é um lado terrível da imprensa: quando mente e mantém a mentira, tudo como opção política, não como informação.
O programa Esporte Espetacular, da Globo, entrevistou um dos lutadores, hoje. Ele voltou a Cuba e, após algum tempo, fugiu. Na entrevista, afirma que, à época, conversou com Lula e que lhe foi oferecida a oportunidade de ficar no Brasil. Preferiu, naquele momento, voltar a Cuba.

Deixe um comentário