A bomba-relógio no coração da Europa

A ameaça do colapso do euro perdeu força no momento, mas consertar a moeda única vai envolver anos de sofrimento. A pressão por reformas e cortes orçamentários é mais feroz na Grécia, Portugal, Espanha e Itália, países que presenciaram amplas greves e confrontos entre policiais e manifestantes esta semana. Um pouco mais à frente, no entanto, um problema maior pode superar todos esses: a França.

Deixe um comentário