Mundo  

Quando contas de Twitter são mais valiosas do que cartões de crédito

.

Segundo relatório divulgado pelo instituto de pesquisas RAND Corporation, contas roubadas do Twitter estão sendo mais procuradas — e se tornando mais valiosas — do que dados de cartão de crédito, no mercado negro do ciberespaço.

timthumb.phpUma conta do Twitter, segundo a pesquisa, tem um potencial de rendimento maior do que um cartão de crédito, e acaba custando mais também. De acordo com a RAND, a lógica da economia hacker funciona da seguinte forma: os dados de cartão de crédito só podem ser levantados a partir de grandes brechas de segurança. Imediatamente após uma grande brecha, os preços são elevados, porque é mais provável que os cartões estejam ativos. Mas depois de um tempo, os preços caem bastante, porque o mercado está inundado desses dados de cartões.

Uma brecha ocorrida em dezembro de 2013, que violou dados da gigante americana do varejo, a Target, culminou em dados de 40 milhões de cartões de crédito e 70 milhões de contas hackeadas. Em poucos dias, os dados dos clientes – incluindo endereços residenciais e informações de login – apareceram à venda no mercado negro. O que começou com vendas na  faixa de US$ 20/135 por conta despencou para US$ 0.75. Enquanto isso, os preços das contas de Twitter não caem tanto, embora variem de US$16 a US$325

Contas de Twitter se tornaram um bom rendimento no mercado negro, tanto porque o acesso ao Twitter muitas vezes permite acesso a outras contas e também porque uma conta real agrega valor para fazer spam, aquela publicidade automática, em massa, que todo mundo, em algum momento da vida, recebe.

Dado o número de pessoas que tendem a usar o mesmo nome de usuário e senha para diversas contas, hackear a conta de Twitter de uma pessoa  muitas vezes pode render outras informações valiosas, tais como acesso a contas bancárias online ou de e- commerce.

Deixe um comentário