Procurador da República é a favor de prisão domiciliar de Genoino por 90 dias


André Richter

Repórter da Agência Brasil

Brasília – O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou hoje (2) ao Supremo Tribunal Federal (STF) parecer a favor da prisão domiciliar para o deputado federal e ex-presidente do PT José Genoino por 90 dias. Com o parecer, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, vai decidir se mantém a prisão domiciliar de Genoino ou determina a volta do deputado para a Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal.

Laudo feito por uma junta médica do Hospital Universitário de Brasília concluiu que Genoino é portador de cardiopatia “que não se caracteriza como grave”. A avaliação médica foi feita a pedido de Barbosa.

No laudo de oito páginas enviado ao STF, a junta médica descreve os problemas de saúde de Genoino e diz que não é necessário tratamento domiciliar. A equipe diz que ele deve receber acompanhamento médico periódico. Pela avaliação, o ex-presidente do PT está com “condição patológica tratada e resolvida.”

Segundo o procurador, nova análise da saúde do deputado deverá ser feita após 90 dias. Genoino foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão, em regime semiaberto, na Ação Penal 470, o processo do mensalão.

No parecer enviado ao STF, Janot afirmou que o laudo comprovou que Genoino precisa de atendimento médico, uso rigoroso de medicação, além de dieta restrita. Segundo o procurador, o sistema prisional não garante a Genoino os cuidados médicos de que ele necessita. “Ressalte-se que ao Estado incube o dever de cuidado, assistência e proteção à saúde do preso, não sendo possível sua omissão diante de situação que imponha risco real e iminente ao condenado de ter agravado seu estado de saúde ou até vir a óbtito, caso não receba o atendimento adequado”, disse o procurador.

Edição: Nádia Franco//O texto foi ampliado às 17h34

Deixe um comentário

2 comentários para “Procurador da República é a favor de prisão domiciliar de Genoino por 90 dias”

  1. ⇒ Manoel Francisco disse:

    Sempre digo, enquanto este país não se tornar sério sempre teremos estas vergonhas jogadas para enganar a população.

  2. Tudo já estava arquitetado desde o inicio desta CPI do faz de conta!

    Todos os ídolos criados pela mídia vem desde 1.500 prometendo, iludindo, enganando e escravizando a população.

    Joaquim sabia que Lula era o chefe do mensalão, desde a denúncia de Jéferson.

    Se a população sabia, por qual motivo Joaquim que é culto não? Acertos por baixo do pano!

    Joaquim foi indicado por Genuíno e por isso, Lula o promoveu, e devido à esta negociata Lula nem foi citado na CPI.

    Joaquim sabia que segundo a lei, e devido ao cargo que exerce, não poderia abrir empresa para burlar o fisco, e comprar apartamento em Miami. Mas abriu a empresa, e escondeu o valor do imóvel!

    Joaquim sabia que não era correto negociar emprego de seu filho com o pai do Huk da tv globo, mas negociou.

    Vai dizer que Joaquim já não estava sabendo que os mensaleiros iam se fazer de doentes para conseguir prisão domiciliar em suas casas de praia?

    Eu tinha duvidas, e vi muita gente falando a este respeito, antes mesmo do fato ocorrer!

    Note que Joaquim mesmo se fazia de doente para atrasar o julgamento deste processo.

    Como ministro Joaquim estava doente para trabalhar, e mesmo estando de convalescença, e com milhares de processos atrasados, foi pego passeando, assistindo jogos, em reuniões com amigos em botecos, em casamentos, aniversários!

    E eu vou confiar em um camarada que para obter vantagens pessoais, atropela e burla a lei que representa e o cidadão é obrigado a respeitar?

    Não sou radical e respeito a opinião de todos, mas ninguém vai conseguir me convencer que Joaquim é honesto e não só mais um oportunista.

    E vai repetir os feitos do Lula; de conchavos logo Joaquim vai aparecer de braços dados com os mesmos bandidos que criticou, julgou, e condenou! Anote, e continue se iludindo quem quiser!