Chimpanzés têm reação emocional a morte

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

De acordo com James Anderson, da Universidade de Sitling da Escócia, principal autor de um dos estudos publicados nesta segunda-feira, 26, na revista norte-americana Current Biology, a consciência da morte é um desses fenômenos psicológicos atribuídos durante um longo tempo somente aos humanos. No entanto, observações que vêm sendo feitas em chimpanzés relacionando à perda de seu par e nos últimos momentos de vida indicam que eles têm muita consciência da morte e, provavelmente, de maneira muito mais desenvolvida do que se suspeitava.

O estudo descreve as últimas horas e a morte de uma chimpanzé fêmea de idade avançada, que vivia em um pequeno grupo de primatas numa reserva na Escócia. Todos esses momentos foram gravados. Nos dias que precederam a morte da fêmea, o grupo esteve muito silencioso e com a atenção concentrada nela, afirmou James Anderson. Muito pouco tempo antes de morrer, seus companheiros fizeram muito carinho e a enfeitaram.

Esses gestos nos últimos instantes buscavam determinar se ela ainda estava com vida. Quando morreu, o grupo se afastou do corpo, mas, pouco depois, a que seria sua filha mais velha voltou para permanecer próxima à fêmea morta durante toda a noite, afirmam os pesquisadores.

Deixe um comentário