Arquivo de Fevereiro de 2015

Lula: Dilma deve explicar objetivos do ajuste fiscal

quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2015

images_cms-image-000420251“O que queremos que esteja acontecendo em 31 de dezembro de 2018? Qual o país que queremos encontrar e entregar ao sucessor da Dilma, que esperamos que seja do PT? É isso que está faltando explicar por parte do governo e do PT”, disse o ex-presidente Lula em jantar com petistas, de acordo com os participantes. “Falta dizer por que isso está sendo feito.

Lula: Dilma deve explicar objetivos do ajuste fiscal

quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2015

“Lula tem postura de bandido frouxo”, diz Caiado

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

ÍndiceO líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), fez duras críticas ao ex-presidente Lula por meio de sua conta pessoal no Twitter, chegando a chamá-lo de “bandido frouxo”. Convalescendo de uma “cólica biliar”, o senador agradeceu pelas “milhares de mensagens” de apoio em razão do problema, mas sem perder a postura.

“Lula tem postura de bandido frouxo”, diz Caiado

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

.
Por Fábio Góis – Congresso em Foco
.
ÍndiceO líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), fez duras críticas ao ex-presidente Lula por meio de sua conta pessoal no Twitter, chegando a chamá-lo de “bandido frouxo”. Convalescendo de uma “cólica biliar” que o manteve internado desde a segunda-feira (23) até hoje (25), o senador agradeceu pelas “milhares de mensagens” de apoio em razão do problema, mas sem perder a postura.

Caiado faz menção às recentes movimentações de Lula em socorro à presidenta Dilma Rousseff e ao governo em meio à crise político-econômica e na iminência de denúncias contra políticos na Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Segundo as investigações, o bilionário esquema de corrupção na Petrobras abasteceu campanhas de partidos diversos, principalmente governistas. Ontem (terça, 24), Lula foi ovacionado em ato no Rio de Janeiro promovido por centrais sindicais e movimentos sociais ligados ao PT em defesa da estatal. “Dilma tem que levantar a cabeça”, disse o cacique petista.

“Lula tem postura de bandido. E bandido frouxo! Igual à época que instigava metalúrgicos a protestar e ia dormir na sala do delegado Tuma”, exclamou Caiado, referindo-se ao ex-senador de São Paulo pelo PTB, morto em 2010. “Lula e sua turma foram pegos roubando a Petrobras e agora ameaça com a tropa MST do [José Pedro] Stédile e do [José] Rainha para promover a baderna”, acrescentou o senador goiano.

Um dos principais oposicionistas do Congresso ao governo petista, Caiado comparou Lula ao “ditador Maduro”, presidente da Venezuela, país em que o governo tem prendido opositores, segundo os adversários do chavismo (corrente ideológica do ex-presidente venezuelano Hugo Chávez), sem fundamentação jurídica. Para o senador, Lula pretende “promover a instabilidade democrática […] soltando seus coletivos”.

“Em vez de ir para reuniões de incitações ao ódio, Lula deveria ir à CPI da Petrobras explicar os assaltos cometidos por ele e seu governo”, fustigou Caiado, mencionando o colegiado instalado na Câmara e prestes a iniciar a nova fase de investigações parlamentares.

Fla x Flu

No discurso que fez ontem (terça, 24) na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no centro do Rio de Janeiro, Lula disse que Dilma deve apenas se preocupar em governar o país e resolver os problemas que terá pela frente em seu segundo mandato. Os corruptores e corrompidos no âmbito da estatal, disse, devem ser devidamente punidos.

“Nossa companheira Dilma Rousseff tem que deixar o negócio da Petrobras para a Petrobras, e a corrupção para o ministro da Justiça ou para a Polícia Federal. A Dilma tem que levantar a cabeça e dizer ‘eu ganhei as eleições e vou governar o país’. Não pode e não deve ficar dando trela [para as críticas], se não a gente fica paralisado”, disse.

A oposição ao governo petista também foi provocada por Lula. “Eu quero paz e democracia, mas se eles querem guerra, eu sei lutar também. Eles continuam fazendo hoje o que sempre fizeram. A ideia é criminalizar antes de ser julgado”, fustigou Lula, recorrendo à ironia para criticar a imprensa em sua própria sede nacional. “Não precisa mais de Justiça. Se a imprensa falou está falado. Mas cheguei à Presidência [da República] duas vezes sem ela.”

Mais sobre CPI da Petrobras

Câmara aprova aumento de benefícios para deputado

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

eduardocunha_luismacedo_agcamara1Após reunião da Mesa Diretora da Câmara, o presidente da Casa, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), anunciou reajustes dos benefícios dos parlamentares que chegam a até 18%. De uma só vez, serão aumentadas a verba de gabinete, a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap) e o auxílio-moradia dos congressistas.

Câmara aprova aumento de benefícios para deputado

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

.
Por Wilson Lima – Congresso em Foco
.
eduardocunha_luismacedo_agcamara1Após reunião da Mesa Diretora da Câmara, o presidente da Casa, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), anunciou reajustes dos benefícios dos parlamentares que chegam a até 18%. De uma só vez, serão aumentadas a verba de gabinete, a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap) e o auxílio-moradia dos congressistas. As verbas de gabinete, destinadas a pagar funcionários, sofrerão aumento de 18% e o cotão será reajustado em 8%. Apesar disso, Cunha afirmou que esses aumentos não implicarão crescimento de despesas da Casa.

Segundo ele, os aumentos tomam como base o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Somente em verbas de gabinete, o impacto será de aproximadamente R$ 7,2 milhões ao mês. O reajuste passará a valer a partir de abril deste ano. Atualmente a Câmara tem orçamento anual de R$ 3,3 bilhões. Entre as despesas que sofrerão reajustes estão passagens aéreas, despesas de hospedagem, serviços postais, combustíveis, entre outros.

Para bancar esse reajuste, Cunha declarou que a Câmara cortará outros gastos como despesas de informática ou com funcionários terceirizados. “Aceitamos a correção da inflação mediante o corte de gastos. O efeito será nulo, zero de despesa”, disse o presidente da Câmara. “Os meios existiam e dependiam basicamente de uma decisão política”, complementou.

Por conta disso, o cotão para os deputados do Distrito Federal (DF), que é o menor de todos, vai ser alterado dos atuais R$ 27,9 mil para R$ 30,2 mil. Para os deputados de Roraima, que tem a maior faixa da Ceap, os valores passarão de R$ 41,6 mil para R$ 44,9 mil. O auxílio-moradia passará dos atuais R$ 3,8 mil para R$ 4,2 mil. Já a verba de gabinete saltará de R$ 78 mil para R$ 92 mil.

Ainda no pacote de bondades aos parlamentares, a Mesa Diretora também aprovou a liberação do uso de dinheiro público para transportar os cônjuges de deputados e deputadas entre suas cidades de origem e Brasília. Com a decisão, mulheres e maridos de parlamentares poderão utilizar a cota de passagens aéreas da Casa, restrita desde 2009 a deputados e assessores em viagens decorrentes do exercício do mandato.

Além dos reajustes, a Mesa Diretora também determinou a criação de suas secretarias: uma de Comunicação Social, que provavelmente será comandada por parlamentar indicado pelo PRB, e outra de Relações Internacionais.

Mais sobre a farra das passagens

Justiça do Piauí determina a suspensão do aplicativo Whatsapp no Brasil

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

ÍndiceO juiz Luiz Moura determinou a suspensão do aplicativo Whatsapp em todo o território nacional, em mandado expedido no último dia 11. De acordo com nota divulgada pela Secretaria de Segurança Pública do estado, a ordem foi expedida em virtude de descumprimento de decisões judiciais anteriores por parte do provedor de aplicação de internet Whatsapp.

Justiça do Piauí determina a suspensão do aplicativo Whatsapp no Brasil

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015
.
Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil*
 
.
ÍndiceO juiz Luiz Moura, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, determinou a suspensão do aplicativo Whatsapp em todo o território nacional, em mandado expedido no último dia 11. De acordo com nota divulgada pela Secretaria de Segurança Pública do estado, a ordem foi expedida em virtude de descumprimento de decisões judiciais anteriores por parte do provedor de aplicação de internet Whatsapp.

A delegada Kátia Esteves, responsável pela Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) da Polícia Civil, e designada para chefiar as investigações, disse, em entrevista à imprensa, que é possível que o aplicativo seja retirado do ar. Durante a entrevista, a delegada não confirmou se a decisão está relacionada à exposição da imagem de crianças e adolescentes. De acordo com Kátia Esteves, como o processo corre em segredo de Justiça, ela não pode dar nenhuma informação adicional sobre o inquérito.

Segundo ela, “com o Marco Civil da Internet, basta a empresa estar oferecendo o serviço no Brasil, e está sendo oferecido o Whatsapp, e ter representante no país”, para que ele possa ser suspenso. “No caso, o representante no Brasil do Whatsapp, apesar de ser uma empresa americana, é o Facebook no Brasil”, ressaltou.

O Whatsapp foi adquirido pelo Facebook no ano passado, mas têm, segundo o Facebook, administrações independentes. Sobre a decisão da Justiça do Piauí, a empresa não vai se manifestar.

Os processos que originaram as decisões da Justiça tiveram início em 2013. O mandado judicial, de acordo com a nota da secretaria, foi encaminhado aos provedores de infraestrutura, responsáveis pelo envio e recebimento de dados, e para os provedores de conexão, incluídas as operadoras de telefonia móvel.

Procurada, a Sinditelebrasil, que representa as operadoras de telefonia, ainda não se posicionou sobre a decisão da Justiça.

 

*Colaborou Leyberson Pedrosa do Portal EBC // Matéria alterada às 19h50 do dia 25/02/2015 para esclarecer informações

*Nova alteração às 20h19 para acréscimo de informação

 

 

Moody’s rebaixa nota da Petrobras para grau especulativo

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

timA agência de classificação de risco Moody’s rebaixou nesta terça-feira, 24, todas as notas de crédito da Petrobras, que passou a ter grau especulativo. A medida significa que as ações da estatal não são mais consideradas um investimento seguro para os investidores. A Moody’s rebaixou a nota de risco da dívida da Petrobras de Baa3 para Ba2.

Moody’s rebaixa nota da Petrobras para grau especulativo

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

.
timA agência de classificação de risco Moody’s rebaixou nesta terça-feira, 24, todas as notas de crédito da Petrobras, que passou a ter grau especulativo.

A medida significa que as ações da estatal não são mais consideradas um investimento seguro para os investidores.

A Moody’s rebaixou a nota de risco da dívida da Petrobras de Baa3 para Ba2. Trata-se do terceiro rebaixamento em quatro meses. No último, em janeiro, a agência já havia rebaixado todas as notas da estatal. Também houve corte em outubro do ano passado.

A agência de classificação de risco informou que os rebaixamentos refletem uma preocupação crescente com as investigações de corrupção no âmbito da Operação Lava Jato e pressões de liquidez, que podem resultar em atrasos na entrega de seus resultados financeiros.

De acordo com uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo, o governo Dilma Rousseff tentou demover a Moody’s da decisão de rebaixar a nota da Petrobras. O governo teme que o Brasil siga o rastro da estatal e perca o carimbo de bom lugar para investir.

Integrantes do governo afirmam que o rebaixamento da nota da Petrobras não seguiu critérios objetivos e que a situação de caixa da estatal é relativamente “tranquila”.

CPI da Petrobras: cúpula foi financiada por empresas investigadas

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

timIndicados por suas bancadas para comandar as investigações da CPI da Petrobras na Câmara, os deputados Hugo Motta (PMDB-PB) e Luiz Sérgio (PT-RJ) receberam doações de empresas investigadas na Operação Lava Jato, que apura esquema de cartel e pagamento de propina a funcionários e políticos em troca de contratos com a estatal.

CPI da Petrobras: cúpula foi financiada por empresas investigadas

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

.
Do Congresso em Foco
.
timIndicados por suas bancadas para comandar as investigações da CPI da Petrobras na Câmara, os deputados Hugo Motta (PMDB-PB) e Luiz Sérgio (PT-RJ) receberam doações de empresas investigadas na Operação Lava Jato, que apura esquema de cartel e pagamento de propina a funcionários e políticos em troca de contratos com a estatal.

De acordo com reportagem da Folha de S.Paulo, 60% dos recursos declarados por Hugo Motta em sua campanha à reeleição saíram dos cofres de duas investigadas: a Andrade Gutierrez, que contribuiu com R$ 451 mil, e a Odebrecht, que doou R$ 742 mil. O peemedebista foi indicado pelo PMDB para presidir a CPI. A reunião de instalação da comissão está marcada para esta quinta-feira (26).

Indicado pelo PT para relatar as apurações da CPI, Luiz Sérgio teve 39,6% de sua receita de campanha bancados por empresas investigadas. O petista recebeu R$ 962,5 mil da Queiroz Galvão, da OAS, da Toyo Setal e da UTC, informam os repórteres Aguirre Talento e Márcio Falcão. Executivos da OAS e da UTC já respondem a ações penais por participação no esquema.

Em resposta à Folha, a assessoria de Hugo Motta alegou que o deputado não tem ligação com as empresas financiadoras e que os recursos foram repassados à sua campanha pelo diretório estadual do PMDB. Já Luiz Sérgio disse que não vai se manifestar sobre assuntos da CPI da Petrobras enquanto não tiver seu nome confirmado na relatoria.

Veja a reportagem da Folha de S.Paulo

Mais sobre a Operação Lava Jato

Ato em defesa da Petrobras marca o início de Lula 2018

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

images_cms-image-000420078O evento de ontem no Rio de Janeiro, em que o ex-presidente Lula afirmou que “defender a Petrobras é defender o Brasil, é defender os trabalhadores, é defender a democracia” pode ser encarado como o primeiro movimento concreto para sua candidatura, em 2018. Com esse discurso, ele sinalizou que está pronto para voltar, caso perceba que conquistas dos trabalhadores estão ameaçadas

Ato em defesa da Petrobras marca o início de Lula 2018

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

.

Ricardo Stuckert/ Instituto Lula: 24/02/2015- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acadêmicos, artistas e lideranças políticas, participam de ato em defesa da Petrobras, convocado pela CUT e pela Federação Única dos Petroleiros. Foto: Ricardo Stuckert/ In.
O evento de ontem no Rio de Janeiro, em que o ex-presidente Lula afirmou que “defender a Petrobras é defender o Brasil, é defender os trabalhadores, é defender a democracia” pode ser encarado como o primeiro movimento concreto para sua candidatura, em 2018; com esse discurso, ele sinalizou que está pronto para voltar, caso perceba que conquistas dos trabalhadores estão ameaçadas; crise da Petrobras ameaça, na visão do ex-presidente, a indústria naval, que renasceu em seu governo, e a própria democracia, com o espaço que vem sendo construído pela mídia para que ‘salvadores da pátria’ se lancem no jogo político; disposto a lutar, Lula sinaliza que não se acovardará

Em entrevista ao 247, no último domingo (leia aqui), o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, falou sobre em que condições o ex-presidente Lula se recolocaria no jogo político, como candidato do PT à presidência da República, em 2018.

Temer: Dilma pode perder maioria no Congresso

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

images_cms-image-000420037Após jantar no Palácio do Jaburu da equipe econômica do governo com dirigentes peemedebistas, vice-presidente da República, Michel Temer, teria alertado a presidente Dilma Rousseff que o PMDB está no “limite da governabilidade”. Manutenção do apoio depende de mais espaço nas decisões estratégicas do governo; “O PMDB quer dar um fundamento à coalizão, quer participar da definição das políticas públicas.

Temer: Dilma pode perder maioria no Congresso

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015

.

: .
Após jantar no Palácio do Jaburu da equipe econômica do governo com dirigentes peemedebistas, vice-presidente da República, Michel Temer, teria alertado a presidente Dilma Rousseff que o PMDB está no “limite da governabilidade”; manutenção do apoio depende de mais espaço nas decisões estratégicas do governo; “O PMDB quer dar um fundamento à coalizão, quer participar da definição das políticas públicas. Essa coalizão, ela é capenga porque o PMDB, que é o maior partido do ponto de vista da coalizão, ele não cumpre o seu papel”, se queixou o presidente do Senado, Renan Calheiros

O vice-presidente da República, Michel Temer, teria alertado a presidente Dilma Rousseff do risco de perder a maioria no Congresso. Segundo ele, o PMDB está no “limite da governabilidade” e cobra mais espaço nas decisões estratégicas do governo.

CPI da Petrobras reaproxima PT e PMDB

terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

images_cms-image-000419964Passado o furor provocado pela disputa quanto a presidência da Câmara, o PMDB começa a dar sinais de realinhamento com o PT. Para a colunista do 247 Tereza Cruvinel, o maior exemplo desta reaproximação está na CPI da Petrobras, onde um acordo entre os partidos colocou o deputado Hugo Motta (PMDB/PB) na presidência e o ex-ministro Luiz Sergio (PT-RJ) como relator do processo.

CPI da Petrobras reaproxima PT e PMDB

terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

Polícia vai investigar grupo que transmite HIV de propósito

terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

timthuDepois da polêmica sobre um grupo de homens soropositivos que têm usado táticas para infectar parceiros sexuais propositalmente, a Polícia Civil vai abrir um inquérito, além de fazer investigações online de grupos que formam o chamado “clube do carimbo”. Segundo o artigo 130 do Código Penal, a pena para quem transmite o vírus sem consentimento do parceiro é de até quatro anos de prisão.

Polícia vai investigar grupo que transmite HIV de propósito

terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

.

timthuDepois da polêmica sobre um grupo de homens soropositivos que têm usado táticas para infectar parceiros sexuais propositalmente, a Polícia Civil vai abrir um inquérito, além de fazer investigações online de grupos que formam o chamado “clube do carimbo”. Segundo o artigo 130 do Código Penal, a pena para quem transmite o vírus sem consentimento do parceiro é de até quatro anos de prisão.

Leia mais: Pesquisadores desenvolvem molécula capaz de bloquear o vírus da Aids

O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes, mobilizou a área de inteligência em internet da polícia para tentar identificar donos dos blogs que compartilham dicas de como contaminar outras pessoas sem consentimento com até imagens e vídeos de passo a passo. O pedido foi feito pelo secretário da Justiça e da Defesa e Cidadania de São Paulo, Aloísio de Toledo César.

Segundo reportagem do jornal Estado de S. Paulo, Toledo, em conversa com Moraes, pediu rigor nas investigações do que classifica como um “ato horrorizante”. “Entendo que a homossexualidade é uma opção pessoal que deve ser respeitada, mas não se pode admitir, em hipótese nenhuma, que pessoas de baixo nível moral se esforcem para trasmitir o HIV a outras”.

De acordo com Toledo, Alexandre de Moraes orientou as equipes do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (Dipol) para agirem disfarçadamente na identificação dos grupos. Desta forma, serão analisados salas de bate-papo, blogs, páginas na internet e até clubes e saunas de sexo.

BC: Brasil teve déficit de transações de US$10,6 bi em janeiro

terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

images_cms-image-000419876Brasil registrou déficit em transações correntes de 10,654 bilhões de dólares em janeiro, informou o Banco Central nesta terça-feira, ao mesmo tempo em que os investimentos estrangeiros diretos no país somaram 3,968 bilhões de dólares; No acumulado em 12 meses encerrados no mês passado, o déficit em conta corrente do país ficou em 4,17 por cento do Produto Interno Bruto (PIB).

BC: Brasil teve déficit de transações de US$10,6 bi em janeiro

terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

.

: .
Brasil registrou déficit em transações correntes de 10,654 bilhões de dólares em janeiro, informou o Banco Central nesta terça-feira, ao mesmo tempo em que os investimentos estrangeiros diretos no país somaram 3,968 bilhões de dólares; No acumulado em 12 meses encerrados no mês passado, o déficit em conta corrente do país ficou em 4,17 por cento do Produto Interno Bruto (PIB)

O Brasil registrou déficit em transações correntes de 10,654 bilhões de dólares em janeiro, informou o Banco Central nesta terça-feira, ao mesmo tempo em que os investimentos estrangeiros diretos no país somaram 3,968 bilhões de dólares.

Collor recebeu propina de R$ 3 milhões de subsidiária da Petrobras, afirma Youssef

terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

imagesEm um dos depoimentos prestados durante a Operação Lava Jato, o doleiro Alberto Youssef afirmou que o senador e ex-presidente Fernando Collor de Melo (PTB-AL) recebeu R$ 3 milhões de propina, fruto de um contrato de R$ 300 milhões entre a BR Distribuidora e uma rede de postos de combustíveis de São Paulo. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o contrato foi assinado em 2012.

Collor recebeu propina de R$ 3 milhões de subsidiária da Petrobras, afirma Youssef

terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

.
Do Congresso em Foco
.
imagesEm um dos depoimentos prestados durante a Operação Lava Jato, o doleiro Alberto Youssef afirmou que o senador e ex-presidente Fernando Collor de Melo (PTB-AL) recebeu R$ 3 milhões de propina, fruto de um contrato de R$ 300 milhões entre a BR Distribuidora e uma rede de postos de combustíveis de São Paulo. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o contrato foi assinado em 2012.

Pelas informações da Folha, a operação foi intermediada por um emissário de Collor e do PTB, o empresário e consultor da área de energia, Pedro Paulo Leoni Ramos. Conforme o jornal paulista, Youssef disse à Justiça Federal que trabalhou como mediador desse acordo entre a BR Distribuidora e os postos de combustíveis.

Segundo o depoimento de Youssef, a negociação ocorreu para que esta rede de postos deixasse uma marca de combustíveis e passasse a integrar o grupo de revenda da BR Distribuidora. Pelo depoimento de Yousssef, Collor teria recebido propina da ordem de 1%  na transação. Ainda de acordo com o doleiro, a propina foi paga em dinheiro vivo a Leoni, que depois repassou ao senador. Apesar disso, Youssef não detalhou como o dinheiro chegou a Collor.

Essa não é a primeira vez que Collor é citado nas investigações da Operação Lava Jato. Em outros depoimentos, Youssef disse que mandou entregar R$ 50 mil em espécie ao senador em seu apartamento em São Paulo. A entrega ocorreu em maior de 2013. Collor, no entanto, nega qualquer envolvimento com o doleiro.

Cunha garante ao governo “boa vontade” sobre ajustes

terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

images_cms-image-000419798Em jantar com a equipe econômica do governo, realizado no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente Michel Temer, PMDB sela apoio ao pacote de ajuste fiscal do ministro da Fazenda, Joaquim Levy. “Falamos que eles terão nossa boa vontade”, afirmou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, na saída do encontro.

Cunha garante ao governo “boa vontade” sobre ajustes

terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

Grupo difunde táticas para espalhar o vírus do HIV

segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2015

timEnquanto cientistas desenvolvem uma molécula capaz de bloquear a infecção do vírus da Aids, uma descoberta que pode abrir caminho para uma nova terapia e uma vacina alternativa de combate ao avanço da doença, grupos de homens soropositivos têm usado táticas para infectar parceiros sexuais propositalmente.

Grupo difunde táticas para espalhar o vírus do HIV

segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2015

.
timEnquanto cientistas desenvolvem uma molécula capaz de bloquear a infecção do vírus da Aids, uma descoberta que pode abrir caminho para uma nova terapia e uma vacina alternativa de combate ao avanço da doença, grupos de homens soropositivos têm usado táticas para infectar parceiros sexuais propositalmente.

Adeptos da modalidade “bareback”, na qual gays fazem sexo sem camisinha, têm compartilhado na internet dicas de como transmitir o HIV sem que o parceiro perceba. A prática é considerada crime e tem causado preocupação na área da saúde e também no meio LGBT.

Na internet e nas festas, os “barebackers” formam o “clube do carimbo”. Em blogs, eles compartilham diferentes técnicas para fazer sexo sem proteção ou furar a camisinha. Fotos e vídeos chegam a ilustrar o passo a passo. Um dos sites avisava que as férias escolares e o carnaval são os melhores momentos para “carimbar” (ato de transmitir o vírus), principalmente os jovens. Após inúmeras denúncias, o site foi retirado do ar.

Segundo o Ministério da Saúde, o aumento da infecção é maior entre os gays. Para Áurea Abbade, advogada e presidente do Grupo de Apoio à Prevenção à Aids, a geração mais jovem desconhece o perigo da doença. “A gente tenta conscientizar e como resposta recebe risadas. Sinto medo de uma nova epidemia”.

Segundo Valéria Antakly de Mello, a coordenadora da equipe de psiquiatria do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, de São Paulo, transmitir propositalmente o HIV ao parceiro sexual ou se expor ao risco de contaminação de forma consciente são ações que caracterizam um transtorno psiquiátrico. “Embora sejam casos raros, há pessoas que, por revolta por terem sido contaminadas, querem que outros também peguem o vírus. Ou então têm medo da reação do parceiro se ele souber da condição do outro e acabam passando a doença para que pareça que os dois descobriram juntos. Nesses casos, existe um traço perverso de psicopatia”.

Fábricas de carros têm ociosidade recorde no Brasil

segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2015

timtCom capacidade de produção de 5,6 milhões de carros por ano (incluindo a capacidade para quase 800 mil carros novos das novas fábricas da Fiat, em Pernambuco, e da Honda, em São Paulo), o “parque automotivo” brasileiro deverá ter uma demanda de apenas cerca de 3 milhões de unidades neste ano, com pouca variação em 2016.

Fábricas de carros têm ociosidade recorde no Brasil

segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2015

.
timtAs fabricantes de carros que operam no Brasil vão operar no próximo biênio com um nível de ociosidade em suas fábricas que não se via desde o período 1999-2003, quando o Brasil foi impactado pelas consequências de uma crise internacional.

Com capacidade de produção de 5,6 milhões de carros por ano (incluindo a capacidade para quase 800 mil carros novos das novas fábricas da Fiat, em Pernambuco, e da Honda, em São Paulo), o “parque automotivo” brasileiro deverá ter uma demanda de apenas cerca de 3 milhões de unidades neste ano, com pouca variação em 2016.

Isto representa um setor operando a 53% da sua capacidade. Em todo o mundo, o setor de produção de carros deve operar 2014 e 2015 a cerca de 72% da sua capacidade.

As consequências já se veem nos quadros de funcionários das empresas do setor. Em 2014 foram eliminados 12,4 mil postos de trabalho nas fábricas de carros do Brasil. Em janeiro deste ano já aconteceram mais 400 demissões, e as empresas planejam mais cortes ao longo de 2015.